quarta-feira, 20 de maio de 2009

porralouca




brindes


de fúria


aguardente

drinques

de sangue


drugs



[life] é esse


filete


de veneno

que trago

na língua

e guardo

nos dentes



[pus 


à mostra]



banquete


que pulsa

veias

vísceras

carne crua

carniça



loucura seria


bebê-la [vida]

água com açúcar

mastigá-la sopa

[fria de ócio]



sugo & mordo


essa vida

pútrida

antes que ela

[vampira]

me engula

Valéria Tarelho

Nenhum comentário: