sábado, 22 de agosto de 2009


(Como hoje é um dia merda,lá vai alguém que entende muito bem essa minha situação.)


Contudo, todos nós precisamos de fuga. As horas são longas e têm de ser preenchidas de algum modo até nossa morte. E simplesmente não há muita glória e sensação para ajudar. Tudo se torna logo chato e mortal. Acordamos pela manhã, jogamos os pés para fora da cama, colocamo-los no chão e pensamos ah, merda, e agora ? "

Bukowski, em HOLLYWOOD.

Nenhum comentário: