quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Neruda II

Não será por fim a morte
uma cozinha interminável?

Que farão teus osssos desagregados,
buscarão outra vez tua forma?

Se fundirá tua destruição
e outra forma e em outra luz?

Formarão parte teus vermes
de cães ou de borboletas?
(página 78)

Por: Pablo Neruda
In: Livro das Perguntas



Nenhum comentário: