sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Stalker ou a arte de esculpir o tempo




"Íamos, sem saber para onde,


Perseguidos por miragens de cidades

Derrotadas construídas no milagre,

Hortelã pimenta aos nossos pés,

As aves acompanhando-nos o vôo,

E no rio os peixes à procura da nascente;

O céu, a nós se abrindo.



Porque o destino seguia-nos o rastro

Como um louco com uma navalha na mão."



"Stalker" Filme do mestre Andrei Tarkovsky

Nenhum comentário: