quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Elliott Erwitt [ Kalamata, Greece ] 1966


4.
Eu sei de que preciso.

Eu simplesmente olho no espelho
E vejo que devo
Dormir mais;
o homem
Que tenho me prejudica.
Quando me ouço cantando, digo:
Hoje estou alegre; isso é bom para
A tez.
Eu me esforço
Em permanecer saudável e firme. mas
Não cansarei; isso
Produz rugas.
Nada tenho para dar, mas
Minha ração me basta.
Eu como com cuidado; eu vivo
Lentamente; sou
Pelo caminho do meio.

(Assim vi gente se esforçar.)


Por: Bertolt Brecht

In: Poemas

Nenhum comentário: