quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

A Despedida



Nós nos abraçamos
eu toco em tecido rico
Você em tecido pobre.
O abraço é ligeiro
Você vai para um almoço.
Atrás de mim estão os carrascos.
Falamos do tempo e de nossa
permanente amizade. Todo o resto
Seria amargo demais

Nenhum comentário: