quarta-feira, 31 de março de 2010

"Bem, vamos comprar peixe, dos aproveitadores de época... Comeremos ovos de páscoa, saboreando diversos aromas de chocolates..."
Um bom final de comilança
E encha sua pança.

Raquítico

terça-feira, 30 de março de 2010

Walt Whitman

.

Além do empurra-empurra e do trânsito está o que eu sou,
Que se levanta feliz, complacente, compassivo, preguiçoso, unitário,
Que olha pra baixo, fica ereto, ou apóia o braço num indefinível impalpável descanso,
Que olha com a cabeça pensa pro lado curiosa pra saber o que vem por aí,
Dentro e fora do jogo ao mesmo tempo e observando e admirado com isso.

(...)

Ouvi o que foi dito do universo,
Há milhares de anos tenho ouvido;
E até que não é nada mal.... mas é só isso?

Ampliando e justapondo venho,
Já de cara cubro o lance dos velhos e cautelosos trambiqueiros,
O máximo que oferecem à humanidade e à eternidade vale menos que um jato úmido do meu sêmen....


(Walt Whit(the)man - Fohas de Relva)


.

segunda-feira, 29 de março de 2010

O Enigma da Poesia

"[...]Li com grande respeito o livro sobre estética de Benedetto Croce, em que aprendi que poesia e linguagem são uma "expressão". Ora, se pensamos na expressão de algo, tornamos a cair no velho problema de forma e conteúdo; e se pensamos sobre a expressão de nada em particular, isso de fato não nos rende nada. Assim, respeitosamente recebemos essa definição e passamos adiante. Passamos à poesia; passamos à vida. E a vida, tenho certeza, é feita de poesia. A poesia não é alheia - a poesia, como veremos, está logo ali, à espreita. Pode saltar sobre nós a qualquer instante."
Por: Jorge Luis Borges
(Esse Ofício do Verso, Ed. Cia das Letras, 2007)

quinta-feira, 25 de março de 2010

Sentir tudo de todas as maneiras,
Viver tudo de todos os lados,
Ser a mesma coisa de todos os modos possíveis ao mesmo tempo,
Realizar em si toda a humanidade de todos os momentos
Num só momento difuso, profuso, completo e longínquo.

Eu quero ser sempre aquilo com quem simpatizo,
Eu torno-me sempre, mais tarde ou mais cedo,
Aquilo com quem simpatizo, seja uma pedra ou uma ânsia,
Seja uma flor ou uma idéia abstrata,
Seja uma multidão ou um modo de compreender Deus.
E eu simpatizo com tudo, vivo de tudo em tudo.

Álvaro de Campos

domingo, 21 de março de 2010

Sonhar

Sonhar é transportar-se em asas de ouro e aço
Aos páramos azuis da luz e da harmonia;
É ambicionar o céu; é dominar o espaço,
Num vôo poderoso e audaz da fantasia.


Fugir ao mundo vil, tão vil que, sem cansaço,
Engana, e menospreza, e zomba, e calunia;
Encastelar-se, enfim, no deslumbrante paço
De um sonho puro e bom, de paz e de alegria.


É ver no lago um mar, nas nuvens um castelo,
Na luz de um pirilampo um sol pequeno e belo;
É alçar, constantemente, o olhar ao céu profundo.


Sonhar é ter um grande ideal na inglória lida:
Tão grande que não cabe inteiro nesta vida,
Tão puro que não vive em plagas deste mundo.


Helena Kolody

quinta-feira, 18 de março de 2010

- Tinha um relógio grande assim na torre e eu queria me agarrar nos ponteiros, segurar as horas, por que é que o tempo não parava um pouco?
Queria ficar lá dependurado, segurando o tempo."


Lygia Fagundes Telles em As meninas

quinta-feira, 11 de março de 2010

Escolha

Apesar do medo
Escolho a ousadia
Ao conforto das algemas, prefiro
A dura liberdade.
Vôo com meu par de asas tortas
Sem o tédio da compravação

Opto pela loucura, com um grão
De realidade:
Meu ímpeto explode o ponto
Arqueia a linha traça contornos
Para os romper

[Desculpem, mas devo dizer
Eu
Quero o delírio]

By: Lya Luft


p.s. Nada melhor do que a própria Delirio pra representar o poema de Luft.

domingo, 7 de março de 2010

É este o problema com a bebida, pensei, enquanto me servia dum copo.
Se acontece algo de mau, bebe-se para esquecer;
se acontece algo de bom, bebe-se para celebrar,
e se nada acontece, bebe-se para que aconteça qualquer coisa.


Charles Bukowski in Mulheres

sábado, 6 de março de 2010


Bebo para ficar bêbado
Esse negócio de beber socialmente é balela

Reginaldo Rossi

quinta-feira, 4 de março de 2010

"Mas o amor não se encomenda"



Becktt, Samuel[1906 - 1989]

Katherine sabia que em mim havia algo de mau, quer nos meus actos, quer no meu ser. Tudo o que era mau atraía-me: gostava de beber, era preguiçoso, não defendia nenhum deus, nenhuma opinião política, nenhuma idéia, nenhum ideal. Eu estava instalado no vazio, na inexistência, e aceitava isso. Tudo isso fazia de mim uma pessoa desinteressante.
Mas eu não queria ser interessante, era muito difícil.
A única coisa que desejava verdadeiramente era um espaço doce e nebuloso para viver, e que me deixassem em paz.



Charles Bukowski in Mulheres

segunda-feira, 1 de março de 2010

Eurótico

.
Meu beijo é mais genial que um artigo de Kant
Meu pênis é mais útil que uma idéia de Einstein
Meu seio é mais saboroso que um poema Moderno
Meus dedos são mais lascivos que a língua da Serpente
Meu abraço é mais aconchegante que a cruz de Cristo
Meu sexo é mais revolucionário que o espírito de Che
Meu esperma é mais nutritivo que a Fruta do Conde
Meu safadismo é mais educador que Paulo Freire
Meu orgasmo é mais demorado que a Missa do Galo
Meus poemas são mais hedonistas que Aristipo
Meus sentidos são mais eróticos que Bocage
Meus pensamentos são mais materialistas que La Mettrie
Meu charme é mais convincente que a Bíblia
Meus testículos são mais necessários que a Filosofia
Meu cú é mais lindo que Narciso
Meus pés são mais fornicadores que Saint-Ange
Meu livro é mais caído que Lúcifer
Meu corpo é Sade e Bataille; e mais um pouco.

(BY: DONATIEN AUCH)

.