domingo, 5 de dezembro de 2010

Perante a morte, o que se espera da natureza é que percam os rancores a força e o veneno, é certo que se diz que o ódio velho não cansa, e disso não faltam provas na literatura e na vida.





José Saramago in ''Ensaio Sobre a Cegueira"

Um comentário:

Marcos Paulo Souza Caetano disse...

Pra ele... é calar. Ou, cegar.