segunda-feira, 24 de outubro de 2011


Quando estamos sozinhos, somos pela metade.
Quando somos dois, somos um.
Quando deixamos de ser um dos dois, não somos nem a metade que começamos a história.



Fabrício Carpinejar


“O mundo não anda fácil nem digerível। É homem-bomba explodindo em festas de casamento, é corrupção pra tudo que é lado, é muito desamor travestido de prazer, é uma emergência de ser feliz que impede a construção da felicidade mesma, que é mais vagarosa. Para onde estão indo todos nesta correria? Não sou a única que ainda vive, em certos aspectos, na era da pedra lascada, mas corro igual, porque se parar, me atropelam.”

Martha Medeiros, no livro Doidas e Santas, página 20.

sábado, 15 de outubro de 2011

A Corrente do Bem - trecho do filme



...mas é difícil pra quem se acostumou com as coisas como elas são, mesmo que sejam ruins...
É difícil mudar. Então as pessoas desistem. Quando isso acontece, todo mundo sai perdendo.